PO CURIOSIDADES :: 10 curiosidades sobre o Cinema Brasileiro que (talvez) você não saiba

0

Dia 19 de junho é comemorado o Dia do Cinema Brasileiro, que este ano completa 120 anos de existência e, por isso, resolvemos separar 10 curiosidades para celebrar essa grande data.

Confira:

O primeiro longa-metragem brasileiro

Foi dia 19 de junho de 1898 que o primeiro filme brasileiro foi filmado pelo cinegrafista italiano Afonso Segreto e sua paisagem foi a vista da baía de Guanabara, no Rio de Janeiro. Não há nada oficial que diga que esse filme foi realmente lançado. Para provar sua existência há apenas uma nota em um jornal carioca da época.

Grandes diretores

Alguns diretores brasileiros chegaram a ser premiados no Festival de Cannes. Que chique, né? Nelson Pereira dos Santos foi indicado por “Vidas Secas” (1963), Glauber Rocha por “Terra em transe” (1967) e por “O Dragão da Maldade contra o Santo Guerreiro” (1969).

Vidas Secas

A primeira artista do cinema brasileiro

A primeira atriz a fazer sucesso no Brasil foi Eliana Macedo que em 27 anos fez 26 filmes, sendo o primeiro “O Mundo se Diverte” (1949). Ela era sempre a ‘mocinha’ ingênua que fazia par com o galã.

Por que o cinema de rua acabou?

O pornochanchada fez muito sucesso em 1970 dominando as telas em exibição em todo o país, e nessa época, as ‘salas de cinema’ eram na rua. Depois disso, o presidente Fernando Collor liberou a entrada de empresas estrangeiras no país e foi aí que surgiram grandes redes de cinema como Cinemark e UCI que se instalaram em shoppings centers e nunca mais saíram. Já os cinemas de rua ficaram conhecidos como ‘cinemas pornô’, por isso foi perdendo sua cultura até ser extinguido.

A maior bilheteria nacional

Quer saber qual foi? Tropa de Elite 2! Em 2010, ele só perdeu o primeiro lugar no Brasil para Avatar. Mas chegou a arrecadar um total de R$ 104.071.662 sendo o primeiro nacional a arrecadar tanto dinheiro assim.

Cinema histórico

Fica em Nazaré das Farinhas (BA) o cinema mais antigo do país que ainda funciona. O Cine Rio Branco foi inaugurado em 1929 e em 1998 foi ameaçado de demolição por sua estrutura condenada. Mas, o jogador de futebol Vampeta, comprou o prédio por 80 mil reais e restaurou ele todo.

Scorsese se inspira no Brasil

Já ouviram falar no diretor chamado Martin Scorsese? Responsável pelos filmes Os Infiltrados, A Ilha do Medo, Touro Indomável, O Lobo de Wall Street, A Invenção de Hugo Cabret, entre outros… Pois saiba que ele é fã declarado do nosso querido diretor Glauber Rocha e ainda disse em diversas entrevistas que ele é sua inspiração para seus longas. Que demais!

Oscar

O Brasil foi indicado algumas vezes no Oscar e ainda ganhou uma. O grande prêmio veio por “Orfeu Negro” (1960), de Marcel Camus. As indicações seguintes foram para “O Pagador de Promessas” (1962), de Anselmo Duarte; “O Quatrilho” (1995); “O Que é isso Companheiro?” (1997) e “Central do Brasil” (1998).

Central do Brasil

Nu Frontal

O primeiro nu frontal no cinema brasileiro aconteceu em 1962 no filme “Os Cafajestes” de Ruy Guerra. A atriz Norma Bengell ficou por 4 minutos mostrando TUDO. Claro que isso foi um escândalo na época.

Steven Spierlberg

Acredite se quiser, mas o diretor brasileiro Bruno Barreto é casado com a ex-mulher de Steven Spielberg (Jurassic Park, Tubarão, E.T), a Amy Irving, atriz americana. Em seu divórcio com o diretor americano ela levou nada menos do que 112 milhões de dólares.

Steven Spielberg

VEJA MAIS :: REDAÇÃO :: Indicamos cinco filmes para ver no Dia do Cinema Brasileiro

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário

Facebook login by WP-FB-AutoConnect