PO CURIOSIDADES :: 18 curiosidades de Bohemian Rhapsody que (talvez) você não saiba

0

O filme “Bohemian Rhapsody”, que conta a história da banda Queen e seu vocalista excêntrico Freddie Mercury, estreou e está fazendo o maior sucesso! Para comemorar esse lançamento da Fox Film, separamos para vocês 17 curiosidades sobre o filme e a música.

ATENÇÃO!!!!! Esse post contém alguns spoilers.

Confira as curiosidades:

Terceira opção para Freddie!

O ator que interpreta o grande vocalista é Rami Malek (Mr. Robot), mas antes dele dois atores tinham sido escalados para serem protagonistas. O primeiro foi Sacha Baron Cohen, que acabou saindo da produção após alguns desentendimentos com Brian May e Roger Taylor, os integrantes originais do Queen. A segunda opção era Bem WhIshaw, mas foi descartado após o produtor Denis O’Sullivan encontrar Rami Malek.

Trilha sonora

Na trilha do filme, várias músicas famosas tiveram seu destaque. Mas, o legal é que tinha música exclusiva! Uma delas é a canção original “Doing All Right…” da banda Smile, que tinham como integrantes Brian May (guitarrista), Roger Taylor (baterista) e o vocalista que deixou o grupo, Tim Staffell. Freddie entrou em seu lugar e a banda deu super certo! Os integrantes da banda regravaram essa música para o filme. Legal, né?

Freddie ou Rami: De quem é a voz?

Rami chegou a ir nos estúdios da Abbey Road, em Londres, para gravar algumas canções, mas elas não chegaram a entrar no filme. As músicas que você ouve em mais de duas horas de filme são cantadas pelo Queen. Mas tem algumas cenas que não dava pra usar a voz do Freddie…

Alguns detalhes musicais…

Quem já assistiu o filme sabe que em certo momento o personagem Freddie canta “Parabéns à você” no piano na casa de seus pais, mas e aí? Como conseguir a voz original para um momento como este?

Enfim Rami entrou em ação e fez a gravação junto com um cantor chamado Marc Martel, um canadense que tinha uma banda cover do Queen chamada “Queen Extravaganza” que foi formada após um concurso online onde os jurados eram os integrantes da banda Roger e Taylor.

A mentira de Ben Hardy

O ator Ben Hardy, que interpreta o baterista Roger Taylor, mentiu em seu teste. Ele disse que sabia tocar bateria, quando, na verdade, nunca tocou o instrumento na vida. Como sabia que teria que tocar no teste, ele passou dias seguidos ensaiando uma música do Queen. E deu certo! Por fim, durante o longa, ele aprendeu a tocar 13 músicas da banda.

Um astrofísico guitarrista!

O guitarrista Brian May (interpretado por Gwilym Lee) é mesmo astrofísico, mas ele só conseguiu, de fato, se tornar phD em 2001, quando a vida agitada da banda se acalmou e ele terminou a tese “Um levantamento das velocidades radiais na nuvem de poeira cósmica”. UAU!

Poder de convencimento

Quando Joe Mazzello descobriu que estavam interessados nele para o papel de baixista da banda, ele mandou fotos à produção para convencer que era o ator ideal. Veja as fotos:

Os dois são realmente parecidos, né???

Mudança na direção

Nos créditos finais aparece Bryan Singer como diretor. Mas ele saiu faltando 16 dias para as gravações terminarem. Os boatos dizem que ele brigou feio com a equipe de produção e chegou até a atirar coisas em Rami Malek. Para os dias que faltavam, Dexter Fletcher foi contratado, mas seu nome não aparece nos créditos.

Primeira cena

A primeira cena a ser gravada do ator Rami Malek como Freddie Mercury foi a cena final do filme, o show Live Aid. Rami disse que foi um grande desafio, mas que se ele conseguiu fazer essa cena, “então conseguiria fazer qualquer coisa nesse filme”.

Como recriaram o show no estádio de Wembley?

O icônico show Live Aid aconteceu no estádio Wembley, em Londres. Mas no filme as gravações aconteceram 43 quilômetros de Londres, em Bovingdon, onde recriaram todo o cenário do palco, igual o original.

E os efeitos especiais?

Dias antes, avisaram a população da cidade que poderia haver trânsito por conta de um número maior de carros e ônibus que chegariam para as gravações. Cerca de 800 figurantes foram escalados para fazer a plateia. Foi nesse momento que os efeitos especiais colaboraram para que esse número de pessoas virasse 72 mil.

Jim Hutton, um dos amores da vida de Freddie

No filme, Jim é garçom e eles se conhecem após uma festa. Na vida real, ele é cabeleireiro e se conheceram em uma boate gay, em 1985, onde Jim chegou a recusar uma bebida oferecida por Freddie. Um ano e meio depois, eles se reencontraram por acaso e ficaram juntos até a morte de Freddie, em 1991.

Jim escreveu o livro “Mercury & Me” e disse que foi um ‘processo terapêutico’. Ele faleceu aos 60 anos, em 2010, devido um câncer no pulmão.

Adam Lambert está no filme!

O vocalista do Queen que saiu em turnê e passou pelo Brasil em 2015, apareceu rapidamente no filme, na cena em que Freddie liga para Mary de um telefone público. Você chegou a ver?

Abaixo, veja algumas curiosidades sobre a música Bohemian Rhapsody, que também estão ligadas com o filme:

– Para gravar a canção, Freddie tocou no mesmo piano em que Paul McCartney gravou “Hey Jude”.

– Algumas palavras diferentes aparecem na música e aqui estão seus significados: “Scaramouche” é um palhaço da comedia dell’arte que sempre consegue escapar em situações difíceis. “Bismillah” significa ‘em nome de Allah’ e “Belzebu” é um dos nomes dados ao diabo.

– No filme, mostram como foi gravada as várias vozes cantando “Gallileo”. A maior mesa de som da época tinha apenas 24 canais, então Freddie começou a gravar os takes em cima das fitas (overdubs). Por fim, foram mais de 180 overdubs e oito lotes de fitas! Mas aí vem a parte mais difícil: para alinhar todas essas vozes, as fitas foram cortadas com gilete e coladas com fita adesiva. Tudo feito com muito cuidado!

– A música ficou em 1º lugar nas rádios do Reino Unido por NOVE semanas consecutivas!

– O ator Mike Myers contou que quando gravou o filme “Quanto mais idiota melhor” (1992), em uma cena no carro ele deveria cantar uma música do Guns N’ Roses, que estava na moda, mas ele brigou e até ameaçou sair das filmagens se não pudesse cantar “Bohemian Rhapsody” do Queen. Por fim, sua chantagem deu certo e a música voltou para as rádios, ficando novamente em primeiro lugar. O ator Myers está no filme como Ray Foster.

***

O filme está em cartaz nos cinemas do Brasil.

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário

Facebook login by WP-FB-AutoConnect