PANTERA NEGRA :: Michael B. Jordan confessa que procurou terapia após atuar como Killmonger

0

O ator Michael B. Jordan, que interpretou o vilão Erik Killmonger em “Pantera Negra”, deu entrevista à Oprah no programa SuperSoul Conversations e acabou confessando que não foi fácil lidar com os sentimentos do seu personagem.

Jordan confessou que iniciou a terapia para aprender a lidar com isso:

“Fui para a terapia, comecei a falar com as pessoas, começando a desempacotar um pouco. Estava sozinho, me isolando. (…) Passei muito tempo sozinho, e descobri que a infância e o crescimento de Erik foram muito solitários. Ele não tinha muitas pessoas com quem podia conversar sobre esse lugar chamado Wakanda que não existia. Claro que é uma versão extrema e exagerada da Diáspora Africana da perspectiva afro-americana, então ser capaz de absorver esse tipo de dor e raiva, todas essas emoções que Erik meio que representa por ser negro aqui nos EUA… Aquilo foi algo que eu não aguentei tranquilamente”, disse.

“Foi difícil no começo, me reajustar às pessoas que cuidam de mim, receber aquele amor que eu afastei. Não queria amor, eu queria estar nesse lugar solitário o máximo que eu pudesse. [Fazer terapia] me ajudou muito”, confessou.

E para finalizar, o ator ainda deixou um recado importante para que as pessoas cuidem da sua saúde mental:

“Sua mente é poderosa. Sua mente leva seu corpo além de limites que te fariam desistir, e honestamente fazer terapia, só falar com alguém, me ajudou muito. Como homem, você pode acabar negligenciando isso, o que não recomendo. Todo mundo precisa descarregar e falar”, finalizou.

O filme “Pantera Negra” recebeu 7 indicações ao Oscar 2019. Leia mais.

Campartilhe.

Sobre o Autor

Comentários desativados.

Facebook login by WP-FB-AutoConnect