O QUE ACHAMOS DE :: ME CHAME PELO SEU NOME

0

O filme “Me Chame Pelo Seu Nome” estreia nos cinemas brasileiros dia 18 de janeiro e é baseado no romance homônimo escrito pelo egípcio André Aciman, o filme narra os acontecimentos de uma temporada de férias na vida do adolescente Elio (Timothée Chalamet) na casa de campo da família no ano de Lá, o pai dele é um especialista em cultura greco-romana e na casa eles recebem o acadêmico Oliver (Armie Hammer), que viaja para ajudá-lo em sua pesquisa. Aos poucos, Elio e Oliver vão se aproximando um do outro.

O cenário é o verão de 1983, em algum lugar do norte da Itália. A câmera do diretor captura maravilhosamente a paisagem de um lugar rico e exuberante em vegetação, água fluindo livremente em córregos e piscinas. O ar é leve e brilhante com a luz solar. O ambiente cinematográfico é, portanto, preparado para despertar a satisfação no olhar de todo mundo.

Os Perlmans são judeus e usam o judaísmo de forma discreta. Arnella (Amira Casar) é linguista e o pai é um especialista em cultura grego-romana. Elio (Timothee Chalamet) um rapaz culto e precoce, pois fala francês, inglês e italiano, atraindo a atenção das garotas. Tudo parecia um verão até então iguais aos outros para a família, até que então surge o Oliver e para Elio ele é como uma tempestade de verão, despertando desejos quentes que até então ele não conhecia.

Oliver usa seu judaísmo abertamente, como a Estrela de David de ouro que ele usa ao redor de seu pescoço e que faz no decorrer do filme Elio usar também a mesma corrente que até então mantinha guardada. Despreocupado, ele se junta a todos sem esforço algum; flerta com as mulheres e acaba chamando atenção por onde passa.

Elio logo se sente atraído por Oliver, descobrindo lentamente que Oliver lança seus desejos em Elio na mesma intensidade. E neste jardim do Éden que o lugar se torna um caso de verão entre Elio e Oliver. Um amor agridoce que se declara nas belas paisagens, nas colinas verdejantes do norte da Itália e também na cama.

Timothée Chalamet e Armie Hammer conseguiram se sair muito bem nos seus papéis, você consegue sentir o medo e a curiosidade que cada um tem com esse relacionamento que até então é guardado só para os dois.

O romance poderia realmente ser interessante como mostrado na tela, mas em algum momento se perdeu na história se tornando lento e um pouco cansativo, poderia ter sido muito melhor executado tornando-o interessante e convincente. Se torna interessante pelo fato do pai do Elio aceitar o filho ser o que é sem receio algum, dando total apoio ao garoto.

O figurino te faz viajar no tempo para a década de 80 junto com a trilha sonora que é espetacular e envolvente, segue o link para você ouvir no Spotify:

Título Original: Call Me By Your Name 

Duração: 2h 12min

Descrição: Drama, romance

Diretor: Luca Guadagnino

Data de Estreia: 18 de janeiro de 2018

Elenco:

Armie Hammer / Oliver

Timothée Chalamet / Elio

Michael Stuhlbarg / Sr. Perlman

Amira Casar / Annella

Esther Garrel / Marzia

Victoire Du Bois / Chiara

Vanda Capriolo / Mafalda

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário

Facebook login by WP-FB-AutoConnect